Petrobras anuncia reajuste da gasolina e do diesel nas distribuidoras

O reajuste será de R$ 0,41 no preço da gasolina e R$ 0,78 no diesel
É possível já visualizar o aumento nas bombas dos postos / Foto: Divulgação

Receba as novidades direto no seu smartphone!

Entre no nosso grupo do Whatsapp e fique sempre atualizado.

A partir desta quarta-feira (16) a Petrobras vai aumentar em R$ 0,41 por litro o seu preço médio de venda de gasolina A para as distribuidoras, que passará a ser de R$ 2,93 por litro.  

A parcela da Petrobras no preço ao consumidor será, em média, R$ 2,14 a cada litro vendido na bomba, considerando a mistura obrigatória de 73% de gasolina A e 27% de etanol anidro para a composição da gasolina comercializada nos postos. 

Neste ano, a redução acumulada do preço de venda de gasolina A da Petrobras para as distribuidoras é de R$ 0,15 por litro. 

Para o diesel, a Petrobras aumentará em R$ 0,78 por litro o seu preço médio de venda de diesel A para as distribuidoras, que passará a ser de R$ 3,80 por litro. Considerando a mistura obrigatória de 88% de diesel A e 12% de biodiesel para a composição do diesel comercializado nos postos, a parcela da Petrobras no preço ao consumidor será, em média, R$ 3,34 a cada litro vendido na bomba.  

Neste ano, a redução acumulada do preço de venda de diesel A da Petrobras para as distribuidoras é de R$ 0,69 por litro. 

O valor final cobrado ao consumidor final no posto também é afetado por outros fatores como impostos, mistura de biocombustíveis e margens de lucro da distribuição e da revenda. 

De acordo com a estatal, o reajuste é justificado pela consolidação dos preços do petróleo em outro patamar, e pelo fato da Petrobras estar no limite da sua otimização operacional, incluindo a realização de importações complementares. E a medida visa o reequilíbrio com o mercado e com os valores marginais para a Petrobras. 

A estatal também afirma que sua estratégia comercial, em substituição à política de preços anterior, permitiu que, em um primeiro momento, a empresa reduzisse seus preços de gasolina e diesel e, nas últimas semanas, propiciasse um período de estabilidade de preços a seus clientes, mesmo diante da alta abrupta de preços externos. 

Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique Informado!

Siga o Jornal LEia