Salário mínimo deve subir para R$ 1.412 em 2024

Valor é estimado com base em fórmula proposta pelo Governo Federal e aprovada pelo Congresso Nacional em agosto deste ano
Economistas de todo o país chegaram ao aumento mínimo de 6,97%, ou seja, R$ 92; em 2023 o salário mínimo é de R$ 1.320 - Foto: Reprodução

Receba as novidades direto no seu smartphone!

Entre no nosso grupo do Whatsapp e fique sempre atualizado.

Na manhã desta terça-feira (12), foi divulgado o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), utilizado para medir a inflação, o que possibilitou que fosse feito o cálculo para saber qual será o aumento mínimo do salário mínimo para 2024. Considerando a fórmula proposta pelo Governo Federal e aprovada pelo Congresso Nacional em agosto deste ano, os trabalhadores brasileiros terão no próximo ano o valor de R$ 1.412 como referência.

Nos últimos dois governos, de Michel Temer (MDB) e Jair Bolsonaro (PL), o reajuste era definido a cada ano com o único requisito de não poder ficar abaixo da inflação no período, como diz a Constituição. No novo formato, a conta é feita considerando a inflação medida pelo INPC em 12 meses até novembro e o índice de crescimento real do PIB (Produto Interno Bruto) nos dois anos anteriores.

Deste modo, com o INPC de 3,85% e o crescimento do PIB em 3%, economistas de todo o país chegaram ao aumento mínimo de 6,97%, ou seja, R$ 92. Até o presente momento, o salário mínimo é de R$ 1.320.

O aumento impactará também as aposentadorias e benefícios como o BPC (Benefício de Prestação Continuada), por exemplo. A expectativa do governo é que este aumento gere, ao lado de um processo de corte dos juros básicos da economia, ajude a impulsionar a economia e o crescimento do PIB em 2024.

Porém a expectativa do próprio governo é de que o reajuste salarial ainda seja de 7,7%, com o valor real de R$ 1.421, como havia previsto a ministra do Planejamento, Simone Tebet.

Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique Informado!

Siga o Jornal LEia