UPA da Rodoviária passará a ser referência para atendimento a pacientes de Covid-19 em Guarujá

Unidade acolherá exclusivamente pessoas com sintomas compatíveis com a doença; demais patologias serão tratadas em outras unidades

Da Redação/ Foto: Divulgação

Guarujá terá uma unidade de referência para atendimento e internação de pacientes acometidos pela Covid-19 a partir desta quinta-feira (1). Trata-se da UPA Rodoviária, que focará na assistência a quem apresentar sintomas compatíveis com a infecção pelo novo coronavírus. As demais patologias serão atendidas nas outras UPAs do município.

A decisão foi tomada na reunião de terça-feira (30) do Gabinete de Crise da Covid-19, instalado no Teatro Municipal Procópio Ferreira (Avenida Dom Pedro I, 350 – Jardim Tejereba), desde a última sexta-feira (26).

A centralização do atendimento é uma medida encontrada para agilizar o acolhimento do paciente com sintomatologia condizente com a Covid-19, com a devida testagem, terapia e até internação, se necessário.

 

Novo fluxo de atendimento

Com o novo fluxo de atendimento, a UPA da Rodoviária deixará de receber pacientes de urgência e emergência com outras patologias. Eles passarão a ser assistidos nas UPAs da Enseada, Vicente de Carvalho, Perequê ou Santa Cruz, de acordo com a residência do munícipe.

Inicialmente, para facilitar a adaptação, a UPA da Rodoviária contará com um serviço de transporte dos pacientes, de acordo com a necessidade. Se o caso for de emergência, a pessoa receberá os primeiros cuidados ainda no local, e quando estabilizado, será encaminhado de ambulância para uma das outras unidades.

Nos casos de urgência, é recomendado que o munícipe busque a segunda UPA mais próxima de sua residência – caso a primeira seja a da Rodoviária. Mas, ainda assim, o município disponibilizará vans e micro-ônibus para transportar pacientes que têm condições físicas e de saúde para tal.

Deixe uma resposta