Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Toninho Colucci lidera pesquisa em Ilhabela e mostra força na arrancada eleitoral

Em larga vantagem, Toninho Colucci tem o dobro de intenção de votos em relação à principal adversária, vereadora Diana Matarazzo
Confira as posições de cada pré-candidato no gráfico

Receba as novidades direto no seu smartphone!

Entre no nosso grupo do Whatsapp e fique sempre atualizado.

O mês de abril chegou e, com ele, abre-se uma contagem regressiva para as eleições municipais. De acordo com o que estabelece o calendário eleitoral, este é um mês fundamental para quem vai concorrer no pleito, uma vez que o dia 6 de abril é a data-limite para o cumprimento de algumas regras, como é o caso da filiação partidária. Mas se os bastidores partidários seguem indefinidos, a maioria dos eleitores de Ilhabela já demonstra a vontade de reeleger o prefeito Antonio Colucci (PL), o Toninho Colucci. É o que revela a primeira pesquisa eleitoral realizada no município.

Segundo o levantamento feito pelo instituto ASN Pesquisas Públicas Ltda – que foi realizado entre os dias 25 e 27 de março e está registrado na Justiça Eleitoral sob o número SP-03241/2024 -, o atual prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci, larga com pelo menos 15 pontos à frente de sua principal adversária, que deve ser a vereadora Diana Matarazzo (PODE). Isso porquê quando o cenário é estimulado – no qual são apresentados os nomes dos pré-candidatos para os entrevistados da pesquisa -, o pré-candidato à reeleição possui 32,25% das intenções de voto, contra 15,75% da parlamentar.

Por ser tratar da primeira pesquisa eleitoral realizada na cidade, o estudo da ASN Pesquisas Públicas projeta como deverá ser a disputa pelo Paço Municipal de Ilhabela. Nesse sentido, o cenário estimulado também revela as seguintes posições neste período pré-eleitoral: Manoel Marcos (PSD), que possui 13% das intenções de voto; Irê Juliani (MDB), que obteve 4,25% de preferência dos entrevistados; Juliana Tenório (União Brasil), que registrou 3,75% de pontos; do vereador Raul Cordeiro (PSD), que terminou com 2,25% de intenções de voto; e Alselmo Tambellini (PT), que não pontuou na pesquisa.

Ainda no cenário estimulado, 21,50% dos entrevistados optaram por não responder ou declararam que ainda não sabem em quem votar. Além disso, outros 7,25% dos participantes da pesquisa afirmaram que não vão votar em nenhum dos nomes apresentados.

Registro

O levantamento, cujo registro na justiça eleitoral é SP-03241/2024, é de realização própria do instituto “ASN PESQUISAS PÚBLICAS LTDA”, ou seja, não há contratante. Foram entrevistadas 400 pessoas de cinco áreas da cidade entre os dias 25 e 27 de março. Os resultados podem ser divulgados desde o dia 29 de março. A margem de erro é de 4,9 pontos percentuais para mais ou para menos, com nível de confiança de 95%.

Os pontos positivos e negativos da gestão Colucci sob a ótica do povo

Por mais que o período ainda seja pré-eleitoral, os dados colhidos na primeira pesquisa realizada em Ilhabela indicam que o atual prefeito Antonio Colucci (PL), o Toninho Colucci, larga na frente por conta dos resultados de sua gestão. Afinal, um pré-candidato à reeleição tem de ter, antes de tudo, uma boa avaliação em relação ao atual mandato.

Segundo o levantamento feito pelo instituto ASN Pesquisas Públicas Ltda, 38% dos entrevistados declararam que a “avaliação em relação ao atual prefeito” é boa. Na mesma pergunta, 32% das pessoas responderam regular; 9,5% optaram pelo ótimo; 8% responderam que o prefeito é ruim; e 7,75% consideram a gestão de Colucci como péssima. Outros 4,75% dos participantes não souberam opinar ou optaram por não se posicionar.

Avaliação

Na mesma pesquisa, o instituto ASN verificou o grau de satisfação dos moradores de Ilhabela em relação aos serviços públicos prestados na cidade. Nesse sentido, a maioria dos entrevistados sinalizou com a nota “bom” as áreas de educação, saúde, segurança, pavimentação, limpeza pública, coleta de lixo, esgoto, transporte, lazer, iluminação, emprego, comércio e turismo.

Apesar dos bons resultados, os principais serviços de mobilidade urbana (transporte coletivo Fênix e balsa) são as áreas que mais preocupam a população de Ilhabela.

Quando a pesquisa quis entender o nível de qualidade do transporte oferecido pela Fênix, por exemplo, 30,25% optaram pela nota regular; 27,50% apontaram como bom; 13,75% não souberam responder ou não quiseram opinar; 12% consideram o serviço péssimo; 11,75% disseram que é ruim; e apenas 4,75% dos entrevistados indicaram a nota ótimo.

Já o sistema de travessias por balsa obteve avaliação pior: 35% consideram como péssimo; 28% como regular; 18% como ruim; 16% como bom; e apenas 3% como ótimo.

Pesquisa também mostra o nível de rejeição aos pré-candidatos

A pesquisa realizada pela ASN Pesquisas Públicas Ltda também mediu a rejeição do eleitorado em relação aos indicados no cenário estimulado (quando o entrevistado tem acesso aos nomes dos pré-candidatos. Nesse caso, a maioria declarou que não sabe ou não quis opinar (24,75%).

Na sequência, o nível de rejeição ficou da seguinte forma: Antonio Colucci (PL), o Toninho Colucci (PL), com 20,50% de rejeição; Alselmo Tabellini (PT), com 12%; Manoel Marcos (PSD), com 10,75%; Irê Juliani (MDB), com 9,50%; Diana Matarazzo (PODE), com 6,75%; nenhum, com 6,50%; Juliana Tenório (União Brasil), com 6%; e Raul Cordeiro (PSD), com 3,25%.

Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique Informado!

Siga o Jornal LEia