STF aprova Mendonça como ministro e deputado Roberto de Lucena comemora

André Mendonça foi indicado por Bolsonaro para ocupar uma cadeira no Tribunal

Da Redação / Foto: Bruno Arib

O deputado Roberto de Lucena (PODE) comemorou a aprovação de André Mendonça para ocupar um cargo no STF (Supremo Tribunal Federal). De acordo com o parlamentar, Mendonça é o primeiro “ministro terrivelmente evangélico”.

“Será uma árdua missão, mas sei que de Deus ele terá graça para cumprir seu chamado”, declarou Lucena.

A indicação de Mendonça foi aprovada por 47 votos a favor e 32 contra e, de acordo com o presidente do STF, Luiz Fux, o novo ministro deve tomar posse ainda em 2021.

Por meio de nota, Roberto de Lucena afirmou que o presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), honrou a fé e a família. “André e Nunes Marques trabalharão lado a lado. Um terrivelmente evangélico e outro terrivelmente católico. Ambos conservadores, obviamente, pró-vida e pró-família”.

André Mendonça é ex-advogado-geral da União e foi indicado por Jair Bolsonaro para assumir o cargo deixado pelo ministro Marco Aurélio Mello.

Deixe uma resposta