Santa Catarina: Jovem invade uma escola, mata três crianças e duas mulheres

O invasor estava com um facão; O município fica em Santa Catarina

Por Giovanna Figueiredo / Foto: Simone Fernandes | Arquivo Pessoal

Na manhã desta terça-feira (4) um jovem de 18 anos entrou em uma escola do município de Saudades, no oeste de Santa Catarina, e cometeu um massacre. Ele portava uma arma branca e, de acordo com a Secretaria Municipal de Educação, três crianças e duas mulheres morreram no atentado. O suspeito tentou suicídio e está em estado grave.

A Polícia Civil informou ainda que duas crianças morreram no local e uma terceira veio a óbito após atendimento médico no hospital da cidade. As crianças mortas tinham menos de dois anos. Já as adultas, uma era professora e morreu no local e outra era funcionária da creche, que chegou ser levada ao hospital, mas não resistiu e morreu.

De acordo com a PM, o atentado foi na CEI (Centro de Educação Infantil) Pró-Infância Aquarela, destinada à crianças de até 3 anos. O jovem que entrou e golpeou os professores alunos tentou se matar, mas foi impedido por populares. Ele está internado em estado grave.

As ligações para emergência começaram por volta das 10h35 da manhã. Os relatos eram de que o homem estava golpeando alunos e professores com o facão. Ao entrar na escola, ele teria teria atacado primeiro uma professora de 30 anos, que estava na entrada do prédio. Ela chegou a correr, mas foi alcançada pelo suspeito e morreu no local. Posteriormente, o jovem entrou em uma sala de aula e começou a desferir golpes contra as crianças. Na sala estavam quatro alunos e uma funcionária.

O caso lembra o Massacre de Suzano, na região do Alto Tietê, em que dois adolescentes invadiram a Escola Estadual Professor Raul Brasil deixando 10 mortos e 9 feridos, em março de 2019.

*ATUALIZADO – 16H20

Deixe uma resposta