Receita Federal apreende barco de luxo em Ilhabela

A operação teve o apoio da Polícia Federal e da Marinha

Por Will Siqueira / Foto: Divulgação

Na manhã desta quarta-feira (27), uma lancha de luxo foi apreendida em Ilhabela por agentes da Receita Federal de São Sebastião, em meio a uma operação na marina do Yacht Club Ilhabela. A suspeita é de que a lancha tenha sido contrabandeada. Os agentes da Receita Federal tiveram o apoio da Polícia Federal e da Delegacia da Capitania dos Portos .

A embarcação está registrada em nome de uma construtora cuja sede fica em São Paulo, de acordo com a Receita Federal. Ainda de acordo com a Receita, a lancha, de 37 pés, foi fabricada por uma empresa chamada Regal.

O valor estimado da embarcação é de R$ 1,2 milhão. A informação da Receita Federal é que a lancha foi contrabandeada para o Brasil e teve sua inscrição feita na Capitania dos Portos com documentação falsa.

Segundo a Receita Federal, o Yacht Club Ilhabela não está sendo investigado nessa ação, haja visto que o local era utilizado somente para guardar a embarcação.

A lancha ainda poderá ser leiloada ou incorporada para utilização de algum órgão público, caso seja aplicada a pena de perdimento do bem em favor da União Federal.

Segundo informações, o dono da embarcação não foi encontrado para explicar o assunto. A lancha foi lacrada e permanece atracada na Marina do YCI.

Deixe uma resposta