Professora encontra peixe ‘chifrudo e dentuço’ em Santos

O animal foi encontrado na Praia do Boqueirão; ele não estava inteiro

Da Redação / Foto: Arquivo pessoal/Hyasmin Pareja

Uma professora de iinglês, de 34 anos, caminhava com sua filha pela Praia do Boqueirão, em Santos, quando, de repente, avistou a cabeça de um peixe cuja aparência era estranha e curiosa. Segundo Hyasmin Pareja, só havia a cabeça do peixe, a qual já estava em estado de decomposição, e o que chamou a sua atenção foi o “chifre” do animal.

Em entrevista ao UOL, ela disse que, ao chegar mais perto da cabeça do peixe, notou que ele também era “dentuço”. Seus dentes eram bastante grandes e estavam para fora da boca. “Dava para ver que ele tinha um chifre grande na cabeça. A maré estava alta e havia muito lixo na areia em volta dele; mas ele se destacava em em meio aos detritos”, contou a professora ao UOL.

De acordo com informações de um biólogo, a cabeça encontrada é da espécie Balistes capriscus, popularmente conhecido como “peixe-porco” ou “porquinho”. Conforme a avaliação do biólogo, a cabeça do peixe sem o restante do seu corpo é consequência de um corte feio por faca. Ainda de acordo com o biólogo, o peixe-porco foi pescado para consumo e a cabeça foi descartada.

Deixe uma resposta