Prefeitura de São Sebastião dá continuidade a mutirões nos bairros Juquehy e Barra do Una

Os mutirões são exemplos positivos da parceria entre a prefeitura e a comunidade

Da Redação / Foto: Divulgação

A Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria de Serviços Públicos e em parceria com a comunidade local, vem realizando mutirões ao longo do município, oferecendo melhor qualidade de vida e mobilidade a diversas famílias sebastianenses.

A Regional Juquehy está com dois mutirões em andamento, um na Vila Paraná, em Juquehy, e outro no Sítio Velho, em Barra do Una, ambos bairros da Costa Sul. Cada um desses serviços passa por etapas e prazos distintos, que dependem da situação de cada via, de estrutura e materiais necessários e planejamento adequado, realizado pela Secretaria de Obras.

O mutirão da Vila Paraná continua com a instalação de linhas de tubo por uma extensão de 120 metros, para a devida drenagem e captação de águas das chuvas. Tão logo esse estágio finalize, será dado prosseguimento com a colocação de bloquetes no acesso principal da comunidade.

Os mutirões já concluídos pela Regional Juquehy são a Rua dos Mineiros, em Barra do Una, e em Juquehy foram concluídos os serviços na Rua Salomão Luis Faustino (antiga Rua Pedro Esboriol), Rua José Eduardo Badejo Kazniakowski, Rua Manoel Raphael de Carvalho, Rua do Oleoduto e as entradas de praia nº 3 e nº 8.

O andamento das obras, que contam com a participação de funcionários da Regional Juquehy e com a mão-de-obra da população dos bairros, depende das condições climáticas e também dos índices da pandemia de coronavírus, que, em alguns momentos, impõe circunstâncias restritivas aos trabalhos.

Mutirão

De acordo com a Lei Municipal nº 2.609/2019, a execução de obras e serviços de construção ou de reparo de baixo impacto e complexidade podem ser executados em regime de mutirão, na qual haja a participação recíproca do Poder Público Municipal e da população, desde que realizado por meio de serviço voluntário.

Nesse tipo de ação, o governo municipal oferece toda a infraestrutura (documentação, materiais, maquinários, etc.) e o cidadão participa com a sua mão-de-obra.

Deixe uma resposta