fbpx

Prefeitura de Guarujá não realizará queima de fogos no Ano Novo

Decisão foi oficializada na segunda-feira (18), após reunião do gabinete permanente destinado a analisar a dinâmica da pandemia na cidade

Da Redação / Foto: Divulgação PMG

Após reunião do gabinete permanente destinado a analisar a dinâmica da pandemia de Covid-19 em Guarujá, realizada na tarde dessa segunda-feira (18), a prefeitura decidiu pela não realização da tradicional queima de fogos da virada do ano na orla da cidade. A medida tem caráter preventivo, com o intuito de desestimular eventos capazes de gerar grandes aglomerações.

A posição será levada pelo município à próxima reunião do Condesb (Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Baixada Santista), marcada para o próximo dia 26.

Em relação a eventos fechados, a Prefeitura de Guarujá cogita autorizar a liberação, desde que sejam seguidos rígidos protocolos sanitários. O assunto, porém, voltará a ser tratado após a reunião do Condesb do próximo dia 26.

Controle

Guarujá vive um momento de controle da pandemia, com ocupação dos leitos de UTI não ultrapassando os 20% e processo de imunização cada vez mais crescente, com mais de 412 mil doses já aplicadas. Ainda assim, para o prefeito Válter Suman, o momento é de cautela. “Não podemos retroceder. E o advento da queima de fogos na praia no formato realizado até antes do início da pandemia, sem a possibilidade de um restrito controle de acesso, representa um grande risco”, observou.

O chefe do Executivo Municipal lembra que todas as decisões tomadas no âmbito do comitê de crise criado pela Prefeitura, que reúne membros de diversas secretarias municipais, podem ser revistos a qualquer momento. Porém, por uma questão de logística, considerando a proximidade das festas de fim de ano, a decisão relativa à queima de fogos é definitiva.

Deixe uma resposta