Pesquisa mostra Geraldo Alckmin e Márcio França na liderança pelo Governo do Estado

Levantamento revela que paulistas podem preferir ex-governadores em 2022

Por Lailson Nascimento / Arte: André Jesus / Fotos Divulgação

Tudo indica que o eleitor paulista vai preferir eleger, em 2022, um governador que já ocupou o cargo anteriormente. Isso é o que mostra a pesquisa Exame/Ideia sobre as eleições do ano que vem para o Palácio dos Bandeirantes, divulgada na segunda-feira (28).

Em um cenário que desconsidera o nome de João Doria (PSDB) – virtual candidato a presidente – na disputa, os preferidos são Geraldo Alckmin (PSDB) e Márcio França (PSB) – ambos são ex-governadores. Confira a projeção dos pré-candidatos no gráfico.

A pesquisa também mediu o grau de satisfação dos paulistas com a gestão de Doria. Para 39% dos entrevistados, o trabalho do atual governador é regular. Já as avaliações boa, ruim e péssima estão empatadas, com percentual de 19% para cada uma delas. Apenas 3% responderam que o tucano tem uma gestão ótima, enquanto 1% do público não soube responder.

Apesar de a maioria entender que Doria possui desempenho entre regular e bom, apenas 25% respondeu que ele mereceria continuar como governador de São Paulo.

“Em São Paulo temos um governador, o João Doria, com alto grau de avaliação regular. Temos também algo interessante porque a pesquisa mostra que não é majoritária a sensação de que ele merece continuar como governador”, reforçou o fundador do IDEIA, Maurício Moura.

O levantamento, que foi realizado por telefone, registrou a tendência eleitoral de mil pessoas. Os dados foram colhidos entre os dias 22 e 24 de junho. A margem de erro 2,65 pontos percentuais para mais ou para menos, segundo o instituto de pesquisas.

Deixe uma resposta