Inscrições para última fase do Passe Livre em Guarujá começam dia 4 de julho

As duas fases anteriores somam 3.253 benefícios concedidos aos estudantes; prazo para se inscrever termina no dia 11 do próximo mês

Da Redação / Foto: Hygor Abreu – Divulgação

A prefeitura de Guarujá vai abrir em 4 de julho a terceira e última fase do Programa Passe Livre. Os interessados devem se inscrever somente através do site da prefeitura (www.guaruja.sp.gov.br), na aba Educação, seguida por Passe Livre 3ª fase 2022. O prazo termina no dia 11 de julho. A medida também vale para os recadastramentos.

Instituído através da Lei Municipal 2.418/1995, o programa garante aos estudantes 100% de gratuidade na tarifa do transporte público da cidade, como uma das formas de incentivar os estudos.

No ato da inscrição, é necessário preencher formulário on-line informando o RG do aluno e do responsável; comprovante de residência (que podem ser contas de água, luz, telefone, internet fixo ou IPTU); comprovante de renda (maiores de 18 anos); e declaração de matrícula.

O Passe Livre é uma iniciativa da Secretaria de Educação (Seduc) que neste ano, desde a primeira fase, já concedeu um total de 3.253 benefícios. Os aprovados desta terceira fase serão divulgados a partir do dia 5 de agosto nas unidades escolares.

CRITÉRIOS PARA OBTER O BENEFÍCIO:

  • O aluno deverá morar e estudar em Guarujá;
  • Ter renda familiar até quatro salários mínimos;
  • Distância maior de um quilômetro entre a residência e escola
  • Estudantes a partir do 1º ano do Ensino Fundamental, regularmente matriculados em curso legalmente reconhecidos pelo Ministério da Educação;
  • Alunos que estiverem frequentando curso de alfabetização de adultos, regularmente matriculados, cuja comprovação se dará por documento a ser fornecido pela Seduc;
  • Estudantes regularmente matriculados em estabelecimentos particulares, independentemente de possuírem isenção parcial ou total do pagamento de mensalidades escolares

DURANTE A INSCRIÇÃO, O ESTUDANTE DEVE ATENTAR AOS SEGUINTES RECADOS:

  • Preferencialmente estar logado em um e-mail do Gmail (Google);
  • Obrigatório informar pelo menos uma renda (que pode ser também ajuda de custo, programais sociais, principalmente em situação de desemprego). Nunca declarar que a família não possui nenhuma renda
  • Assinar e datar todas as declarações;
  • Não será aceito como comprovante de endereço: fatura de cartão, extrato bancário e conta de celular;
  • Observar a data do documento, pois não serão aceitos nenhum documento anterior a abril 2022. Observar, no formulário, os comprovantes que são aceitos pela Seduc.

Deixe uma resposta