Hospital da Bahia dá cachaça para paciente, no lugar de água

Zenilda recebeu um copo da “marvada” em seu quarto, no Santa Teresinha

Da Redação / Foto: Zenilda Lisboa/Arquivo pessoal

O Hospital Municipal de Santa Teresinha, na Bahia, deu um copo com cachaça, no lugar de água, para sua paciente Zenilda Lisboa, de 37 anos, durante uma consulta de emergência.

Zenilda mora em Santa Teresinha – cuja população é de 8 mil habitantes – e é lavradora. Ela foi internada no sábado (14) pois estava sentindo fortes dores no estômago, de acordo com as informações. Ao ser internada, a paciente recebeu o aviso de que ia ficar a noite toda no hospital; então, pediu água, mas recebeu “água que o passarinho não bebe.”

“Eu estava com muita falta de ar e com a garganta muito seca, por isso pedi água. A enfermeira veio com um copo e eu estava tão desesperada para tomar água que virei o copo. Quando engoli, senti que não era água, era cachaça”, disse a paciente ao UOL.

“Minha pressão caiu na hora, eu comecei a passar mal, a vomitar. A enfermeira disse ‘Jesus, eu te dei cachaça’, e voltou correndo para a sala. Acho que isso piorou muito a minha situação, quando eu tomei [a cachaça] dobrou o que eu estava sentindo”, afirmou ao portal de notícias.

Zenilda comentou que, até o momento, ninguém da direção do hospital se manifestou de maneira oficial sobre o assunto, ninguém falou com ela para esclarecer o que aconteceu. A única coisa da qual a lavradora sabe é o que a enfermeira argumentou: de que, possivelmente, algum paciente deixou a garrafa no hospital e ela passou para Zenilda.

Deixe uma resposta