Fiscalização das praias, no Guarujá, ultrapassa 12 mil ocorrências em oito semanas

Além das ações, fiscais distribuíram, até o momento, 10.084 panfletos com informações e orientações aos banhistas, ao longo das praias do Guaiúba, Tombo, Astúrias, Pitangueiras, Enseada e Pernambuco

Da Redação / Foto: Divulgação

Entrando na oitava semana de trabalho, a Operação Verão de Fiscalização das Praias de Guarujá, que visa garantir o ordenamento das orlas – do Guaiúba  ao Pernambuco, já registrou 12.393 ocorrências. Os números se referem ao período de 18 de dezembro de 2021 (quando foi deflagrada a operação) até o último dia 8 de fevereiro. Além das ações, fiscais distribuíram, até o momento, 10.084 panfletos com informações e orientações aos banhistas.

Desde que foi deflagrada a operação, o maior número de ocorrências registrado é o de som abusivo na faixa de areia – infração que está na esfera de perturbação de sossego. Nesse período, 4.611 caixas de som foram retiradas das praias pelos banhistas (que representa 37,2% do total das ocorrências) seguindo orientação dos fiscais.

A partir do início deste mês, a Operação Verão ganhou reforço da Polícia Militar (PM) e da Guarda Civil Municipal (GCM), que atuam nos principais pontos de reclamação em apoio aos fiscais, todos os dias, no período da manhã. Ao receber denúncias, a Fiscalização se dirige ao local e, a princípio, realiza um trabalho preventivo e educativo, orientando o responsável a recolher o som. Se houver resistência o equipamento é apreendido. Dependendo da gravidade da infração, a multa poderá chegar a R$ 10 mil.

Para denúncias referentes a som abusivo na faixa de areia, o munícipe deve ligar para o número 153 ou para a Ouvidoria Municipal nos números (13) 3308-7080 (Whatsapp), 162 e 0800 773 7000.

Outras ocorrências

A ocorrência de som abusivo vem seguida de 1.800 desmontes de tendas, ou seja, 14,5% das ocorrências; 1.784 (14,4%) proibições de animais na faixa de arenosa e por 1.059 (8,5%) de ordenamento de espaços públicos.

A fiscalização atuou, também, em outras irregularidades ao longo das praias, vistorias em comércios/alvará, paralisação de churrascadas e atividades esportivas em horários não permitidos. Ambulantes irregulares também estão na mira da fiscalização. Pelo menos 545 foram retirados das praias da Cidade até o momento.

A Operação Verão de Fiscalização conta com um efetivo de pouco mais de 200 agentes, entre fiscais municipais, agentes de saúde, GCMs e PMs, além do apoio logístico nos fins de semana de várias secretarias municipais, fator essencial para os bons resultados apresentados.

A fiscalização ostensiva seguirá durante a temporada, até o Carnaval, monitorando toda a orla de Guarujá para garantir, além do ordenamento das praias, a segurança dos frequentadores, a qualidade ambiental e higiene pública. Os fiscais atuam ao longo das orlas do Guaiúba, Tombo, Astúrias, Pitangueiras, Enseada e Pernambuco.

Deixe uma resposta