Em Guarujá, a região do Pernambuco vai receber 59 câmeras de monitoramento

Projeto vai contar com 59 câmeras de monitoramento, sendo 42 fixas, 13 móveis e quatro câmeras com leitura de placas. Com esse reforço, Município passa a contar com aproximadamente 1.770 câmeras

Da Redação / Foto: Divulgação PMG

A Prefeitura de Guarujá vai ampliar o monitoramento para a região do Pernambuco, um dos locais mais badalados da cidade. A iniciativa faz parte de um termo de cooperação técnica com um condomínio local, que na última terça-feira (30) fez a contratação da empresa que executará o serviço. O projeto vai contar com 59 câmeras de monitoramento, sendo 42 fixas, 13 móveis e quatro câmeras com leitura de placas.

Serão 12 mil metros de fibra óptica, iniciando na Avenida Dom Pedro I, passando pelas avenidas Atlântica, Desembargador Plínio de Carvalho Pinto, Áureo Guenaga de Castro, Marjory da Silva Prado, Jomar e a Estrada do Pernambuco.

Com esse novo investimento, Guarujá contará com aproximadamente 1.770 câmeras, sendo 1.636 instaladas em 72 próprios públicos, 51 na orla da praia da Enseada, 18 em áreas comerciais distribuídas em Vicente de Carvalho, Pitangueiras e Astúrias. E outras seis câmeras de monitoramento de trânsito.

“Importante investimento em segurança. O nosso objetivo é criar uma muralha eletrônica em Guarujá, agilizando o atendimento à população com um tempo-resposta reduzido e pontual” definiu o secretário de Defesa e Convivência Social, Luiz Cláudio Venâncio Alves.

CSI

As imagens são enviadas para o Centro de Segurança Integrado (CSI) localizado no Morro da Campina. O CSI é coordenado pelo Monitoramento e Análise de Informações de Guarujá, ligada à Sedecon (Secretaria de Defesa e Convivência Social).

Deixe uma resposta