Colucci encaminha à Câmara de Ilhabela projeto que estende por mais três meses auxílio emergencial de R$ 500

O benefício será pago para cerca de 3 mil famílias que são inscritas no CadÚnico

Da Redação / Foto: Divulgação

A Prefeitura de Ilhabela protocolou na Câmara Municipal, para votação em regime de urgência, um projeto que altera a lei 1.461/2021 para prorrogar o auxílio financeiro emergencial destinado à população de baixa renda na cidade.

A proposta prevê o pagamento de auxílio de R$ 500 por mais três meses, visando mitigar os efeitos econômicos da pandemia pela Covid-19.

Segundo a Prefeitura de Ilhabela, o benefício será pago para cerca de 3 mil famílias que são inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal com domicílio em Ilhabela e cadastradas até 30 de junho de 2021.

Após a aprovação da lei na Câmara e sanção do prefeito Antonio Colucci (PL), o Toninho Colucci, o auxílio de R$ 500 mensais será creditado automaticamente na Poupança Digital ou na Poupança Social Digital do beneficiado e a movimentação do dinheiro realizada nos terminais Caixa, nas Lotéricas ou pelo aplicativo Caixa TEM.

O prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci – Foto: Bruno Arib

“Nosso objetivo é dar prosseguimento às medidas de apoio a camada mais vulnerável da sociedade, dado os efeitos provocados pela pandemia e da inviabilidade da plena retomada do crescimento econômico no curto prazo. O auxílio municipal dá um alento aos munícipes neste momento de pandemia, enquanto preparamos a retomada econômica em nossa cidade”, explica o prefeito.

Ao todo, os R$ 3 mil serão pagos para cada família cadastrada nos seis meses (abril, maio e junho – agosto, setembro e outubro). Somente para o pagamento das três novas parcelas o investimento será na ordem de R$ 5,2 milhões.

Deixe uma resposta