fbpx

Centro de oncologia do Hospital Regional de Caraguá inicia atendimentos em setembro

Funcionamento do serviço, que é fruto das cobranças do prefeito Aguilar Junior, vai diminuir o desgaste dos pacientes que recebem tratamento em cidades distantes

Da Redação / Foto: Divulgação PMG

Após anos de cobranças feitas pelo prefeito de Caraguatatuba, Aguilar Junior (MDB), o Litoral Norte comemora mais uma conquista: o funcionamento da ala de oncologia do Hospital Regional.

A Imprensa Oficial do Governo do Estado publicou, na última semana, o contrato de aditamento com a empresa Socrátes Guanaes, que administra o Hospital Regional de Caraguatatuba e que passa a ser responsável também pelo Centro de Oncologia, com início das atividades previsto para setembro.

 “É um serviço muito esperado pelos moradores de Caraguatatuba e do Litoral Norte, que são obrigados a fazer tratamento em cidades distantes, estando tão debilitados para isso”, disse Aguilar Junior.

Segundo a Prefeitura de Caraguá, as atividades contratadas, de junho a dezembro, são 438 saídas hospitalares em clínica médica, 1150 atendimentos ambulatoriais médicos, 780 atendimentos ambulatoriais não médicos e 2397 exames. O valor a ser investido nesse período é de R$ 37.349.430,00, a ser pago em sete parcelas.

Sofrimento amenizado

De acordo com a Secretaria de Saúde de Caraguatatuba, os pacientes que precisam fazer os exames de oncologia têm como referência o Hospital São Francisco de Assis, em Jacareí. Um público menor de munícipes consegue atendimento em cidades mais longes como, por exemplo, Barretos, que fica a 800 km de distância de Caraguatatuba.

Cerca de 70 pacientes da cidade são encaminhados para outros municípios do Vale do Paraíba e Estado de São Paulo, como Taubaté, Campinas, Guaratinguetá e a própria capital.

Deixe uma resposta