Aumenta o número de furtos no Litoral

Dados Segundo último levantamento da SSP, esse tipo de crime cresceu na região em 2021 em comparação com 2020

Por Will Siqueira / Foto: Divulgação

O número de furtos aumentou em todas as cidades do Litoral Norte, mais as cidades de Cubatão, Guarujá e Bertioga (área de cobertura do LEIA) em 2021. Esse tipo de crime teve um aumento de 32,2% em comparação com 2020. Na região, em números totais, aconteceram 9.768 casos no ano passado; em 2020, houve 6.621.

A cidade do Litoral Norte onde mais aconteceram casos de furtos diversos é Caraguatatuba, com 1.565 ocorrências ante 1339. Em seguida, vem Ubatuba, que teve 1295 casos registrados contra 1.093 do ano anterior – sempre comparando 2021 com 2020.

Já os moradores de São Sebastião sofreram 892 furtos, sendo que foram contabilizados, no ano anterior, 847. Por sua vez, Ilhabela foi a que menos sofreu esse tipo de crime: 358 casos contra 320.

As outras cidades onde o jornal circula – Guarujá, Cubatão e Bertioga – também tiveram números expressivos referentes a furtos diversos. Em Bertioga, os ladrões cometeram 982 furtos no ano passado, contra 934 do ano anterior.

Cubatão também é um lugar onde a quantidade de crimes desse tipo aumentou bastante: 1.270, em 2021, e 912, em 2020. Mas a cidade na qual os furtos mais acontecem, de acordo com a SSP (Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo), é Guarujá, onde, no ano passado, foram registradas 1565 ocorrências, sendo que, um ano antes, aconteceram 1.339 casos. Nesse levantamento específico sobre furtos, são levados em consideração somente furtos diversos (de roupas, dinheiro, joias etc). Portanto, não entram nessa estatística os furtos de veículos (carros, motocicletas, caminhões e afins).

Deixe uma resposta