‘A Ecobus já deveria ter saído há uns 20 anos de São Sebastião’, desabafam trabalhadores

Empresa vem lotada de reclamações de usuários que não querem mais a sua permanência

Por Aristides Barros / Foto: Bruno Arib

Trabalhadores de São Sebastião estão com as relações estremecidas com a Ecobus – permissionária do serviço de transporte coletivo na cidade – devido à longa espera nos pontos e o atraso dos ônibus da empresa, que tornam a vida deles mais sacrificantes.
O relato mais duro contra a empresa parte de Luiza Cleide Paz da Silva, moradora na enseada.

“A gente anda pendurado um em cima do outro, sem o distanciamento social que dizem ser necessário para não contrair a doença”, disse, se referindo à Covid. Ela reclama do preço da passagem – R$ 3,80 – e a forma como são transportados. “Eu pego um ônibus a 6h10 e ele não está mais passando. Reduziram a frota alegando que entraram na fase vermelha, quando deveriam aumentar por causa do distanciamento. A gente precisa trabalhar e ir com segurança”, afirmou.

Indagada se outra empresa deveria assumir o serviço, a trabalhadora fulminou. “Essa já deveria ser trocada há 20 anos”, disse, e em seguida indagou. “Você sabe se outra empresa vai entrar no lugar dela? Precisamos que isso aconteça imediatamente”, concluiu.
Outra trabalhadora denunciando os frequentes atrasos é Adriana Alves da Costa. Revoltada com o transporte público, ela, que mora no Canto do Mar, fala.

“De manhã a gente fica uma hora esperando o ônibus e ele vem lotado, e não dá pra entrar. Aí temos de esperar outro, que também já vem cheio. Não tem higienização, não tem distanciamento e a gente fica receosa em ‘pegar’ a doença. Mas, a gente tem de trabalhar”, disse. “Fecham lojas, fecham tudo e nos ônibus lotados fica todo mundo se contaminando”, observou. “Se a empresa não melhorar o trabalho, tem de ser substituída por outra”, afirmou.

“Tenta pegar ônibus seis ou sete horas da manhã pra vir para o Centro ou ficar agora à tarde esperando pra ver se consegue pegar um ônibus que não esteja lotado. Todo dia é assim”, disse Lélia de Freitas Santos.

A reportagem mantém o espaço aberto para a empresa dar sua posição sobre a reclamação das trabalhadoras.

One thought on “‘A Ecobus já deveria ter saído há uns 20 anos de São Sebastião’, desabafam trabalhadores

Deixe uma resposta